Casamento Civil e Comemoração no Restaurante: Thayla e Angelo

5 Compartilhados
4
0
1
0
0
0

Já falamos por aqui sobre Mini Wedding em restaurantes e bistrôs. Ótima opção para quem busca um dia intimista, com clima aconchegante, comida boa e economia.

“Esses espaços possuem uma boa estrutura para atender eventos menores. Apresentam uma decoração bem acolhedora e intimista, além de um ótimo cardápio e para isso não é necessário um alto investimento.”

Veja mais em: Mini Wedding em Restaurantes ou Bistrôs

Se você sonha celebrar a união e não quer abrir mão de uma recepção para e comemorar esse momento tão especial, saiba que os restaurantes oferecem serviços especiais para casamentos.

A Thayla e o Angelo escolheram um restaurante para receber os familiares e amigos após o casamento civil. O resultado dessa escolha foi um dia maravilhoso e muito especial para o casal!

Confira abaixo a história deles e se inspire nessa recepção em restaurante com as lindas fotos do Matheus Portugal.
Como tudo começou

“O Angelo foi a um evento da minha igreja e lá me notou. Dias depois, ele me mandou uma mensagem pelo Facebook e começamos a conversar.

Desde o início do namoro nós conversávamos bastante sobre o futuro, sobre nossos pensamentos a respeito dos mais variados assuntos. Como seria a nossa casa, a criação dos nossos filhos, as nossas viagens, sonhávamos com um futuro juntos.

Aos poucos, isso foi se materializando, até o dia em que o Angelo me pediu em casamento.”

O pedido

“Era dia 11 de junho de 2016, fomos ao Villa Tevere para comemorar o dia dos namorados e também nosso aniversário de namoro, já que começamos a namorar dia 07 de junho de 2013.

Tivemos um agradabilíssimo e depois fomos caminhar pela orla do Lago Paranoá. De repente, o Angelo tirou do bolso uma caixinha com alianças e me pediu em casamento.

Uau! Foi uma surpresa para mim, eu não esperava exatamente naquele momento, mas foi lindo, íntimo, singelo e eu disse SIM!.”

Os preparativos

“Eu estava no último semestre de escrita da minha dissertação de mestrado, então foi muito difícil me dedicar exclusivamente ao planejamento do casamento.

Por esse motivo, várias das nossas ideias mais elaboradas para o casamento caiam na impossibilidade. Por fim, decidimos fazer nosso casamento no cartório e comemorar almoçando com nossa família e nossos amigos no Mangai.

Não haveria a tradicional festa de casamento, mas haveria nós, o nosso amor, nossa família, nossos amigos e, claro, o fotógrafo, do qual eu não abria mão.

O planejamento e os preparativos aconteceram em um mês, depois da minha defesa no mestrado. Nesse um mês dividimos bastante as tarefas e construímos esse momento juntos.”

 

O estilo definido

“A nossa ideia era que, apesar de o casamento ser no cartório, nós estivéssemos lindos um para o outro e que fosse um momento muito especial.

Então tentamos sim definir um estilo intermediário entre rústico e campestre. O que ficou mais perceptível no meu buquê (assimétrico, em tons terrosos e laranja, no estilo ramalhete) e no bolo (naked cake de damasco, tâmaras e massa de nozes, enfeitado com flores e frutas).

Esse estilo campestre e intimista também foi muito bem traduzido pelas fotografias do Matheus Portugal, especialmente no momento da troca de votos num lugar cercado por árvores.”

O grande dia

“Nos casamos no dia 19 de abril de 2018 no cartório do Colorado e comemoramos no restaurante Mangai.

Eu mesma fiz a arte do convite, uma amiga nossa imprimiu em papel craft e nós colamos as flores secas no envelope. Fizemos também a caixa dos padrinhos e madrinhas.

O momento mais especial foi receber nossa família e nossos amigos no restaurante, receber os abraços e as palavras de carinho.”

Dica da noiva

“Dividam as tarefas, assim nenhum ficará sobrecarregado e os dois serão ativos na construção desse momento tão especial.”

Fotos: Matheus Portugal

Você também vai gostar